Agronegócio

Exportações

Exportações do agronegócio cresceram 4,8% em setembro, para US$ 8,56 bilhões, puxadas pelo açúcar
O ritmo forte de embarques do setor sucroalcooleiro impulsionou as exportações brasileiras do agronegócio em setembro. As vendas externas do setor subiram 89,8%, elevando as vendas setor para US$ 1,14 bilhão. As exportações de açúcar de cana em bruto mais que dobraram, passando de US$ 420,36 milhões (setembro/2019) para US$ 888,38 milhões, alta de 111,3%. Os maiores importadores brasileiros de açúcar foram China (US$ 159,90 milhões; +230,3%), Índia (US$ 73,76 milhões; +474,0%), Bangladesh (US$ 72,02 milhões; +207,4%), Indonésia (de US$ 0 em setembro de 2019 para US$ 64,10 milhões em setembr

10/10/2020

Comércio Exterior

Ministra embarca para Portugal para encontros bilaterais
A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) embarca neste sábado (10) para Portugal, onde terá encontros bilaterais para debater agenda internacional e apresentar como o agronegócio brasileiro adota a tecnologia, inovação e a sustentabilidade para alavancar a produtividade e atender a demanda interna e externa. Na segunda-feira (12), ocorrerá encontro com a ministra da Agricultura de Portugal, Maria do Céu Antunes, em Lisboa. Tereza Cristina irá participar também do Seminário Portugal-Brasil Oportunidades de Negócio no Setor Agroalimentar, promovido pela AICEP e a Emb

10/10/2020

Lima ácida

Preço da tahiti dispara; média da pera em setembro é a maior da série para o mês
Os preços da lima ácida tahiti dispararam nesta semana, impulsionados pela baixa disponibilidade e p

09/10/2020

Total Exportado

Embarques diminuem em setembro, mas vendas internas seguem firmes
Com a diminuição dos embarques aos dois principais destinos da carne de frango – China e Arábia Saud

09/10/2020

Assistência técnica

Governo quer ampliar acesso do produtor rural à assistência técnica
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) quer usar meios remotos para aproximar

09/10/2020

Produção Recorde

Conab prevê produção recorde de grãos na safra 2020/21
Com 268,7 milhões de toneladas, o Brasil deve ter uma produção recorde de grãos na safra 2020/21. O

08/10/2020

Safra

IBGE prevê safra recorde de 252 milhões de toneladas em 2020
A estimativa para a safra nacional de grãos, que já estava em patamar recorde, foi elevada novamente e deve chegar a 252 milhões de toneladas em 2020, ficando 4,4% acima da colheita de 2019. Os dados constam do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de setembro, divulgado hoje (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A projeção para a área a ser colhida foi de 65,2 milhões de hectares, crescimento de 3,1% (2 milhões de hectares) frente à área colhida em 2019. O arroz, o milho e a soja, os três principais produtos, somam 92,5% da estimativa da produção e 87,2% da área a ser colhida. A soja, o algodão herbáceo (em caroço) e o café devem atingir no ano seus

08/10/2020

Demanda Doméstica

Demanda aquecida e baixa oferta mantêm preços em alta
Na maioria das praças acompanhadas pelo Cepea, os preços do suíno vivo estão em alta neste início de outubro, influenciados especialmente pelo típico aquecimento na demanda doméstica nesse período. Além disso, a oferta de animais em peso de abate ainda é reduzida. No mercado de cortes, pesquisadores do Cepea indicam que, apesar de o setor apontar dificuldades no repasse das altas do suíno vivo aos preços internos, o incremento na demanda neste início de outubro favoreceu as valorizações. Quanto às exportações brasileiras de carne suína, dados da Secex mostram queda no volume de agosto para setembro. Apesar disso, as vendas externas ainda estão em ritmo elevado na comparação com anos an

08/10/2020

Pomares

Falta de precipitações pode afetar safra paulista
A ausência de precipitações em São Paulo pode afetar a produção de mangas do estado, visto que os pomares estão atualmente em fase de enchimento, quando chuvas são essenciais, já que a maioria das áreas não é irrigada. A praça de Monte Alto/Taquaritinga, a principal região produtora de SP, não tem recebido quantidades satisfatórias de precipitações, o que pode limitar o calibre das frutas e, consequentemente, reduzir a produtividade dos pomares locais. Quanto às florações, segundo colaboradores do Cepea, foram positivas nos pomares de tommy, mas consideradas limitadas nos de palmer, já que muitas áreas vegetaram em vez de florir. Para as duas variedades, contudo, o clima mais quente ac

08/10/2020

baixa oferta

Preço interno se mantém firme; exportações recuam em setembro
A baixa oferta de animais para abate mantém lento o ritmo de negócios no mercado nacional de boi gordo e os preços, firmes. Nessa quarta-feira, 7, o Indicador CEPEA/B3 fechou a R$ 258,00, alta de 0,51% frente ao da quarta-feira anterior, 30 de setembro. Em relação às exportações da proteína, depois de terem atingido quase 170 mil toneladas em julho, as vendas externas caíram nos dois meses seguintes. De acordo com dados da Secex, em setembro, os embarques somaram 142,4 mil toneladas, 12,8% inferiores aos de agosto deste ano, mas 15% acima dos registrados em setembro de 2019. 

08/10/2020